News | Notícias

Junho de 2017

Participação na exposição coletiva da 21ª Edição de l’Art Renouvelle le Lycée, le Collège, la Ville et l’Université 2017, organizada pela galeria e centro de arte contemporânea de Marselha, Passage de l’Art, sob o tema “Le récit et sa capacité à créer de nouveaux mondes, de nouveaux mythes”. A exposição estará patente de 8 a 30 de Junho, no Lycée du Rempart, em Marselha.

Abril de 2017

Inaugura dia 20 de Abril, 5ªf, às 18h30, na Sociedade Nacional de Belas Artes (SNBA), a exposição “PAISAGEM”, promovida pela SNBA e a Associação Castelo d’If, com organização de Hilda FriasPatrícia Nazaré Barbosa e Pedro Almeida. Estará patente até ao dia 6 de Maio, todos os dias úteis, das 12h00 às 19h00 e aos sábados das 14h00 às 20h00.

Fevereiro de 2017

“Antes de nada e depois de coisa nenhuma#2″ exposto na ”Imago Mundi - Mediterranean Routes”, de 18 de Fevereiro a 10 de Março, em Palermo, Cantieri Culturali Alla Zisa – Spazio Zac – Zona Arti Contemporanee, inserida na Biennale Arcipelago Mediterraneo 2017.

 Teresa Palma, 2015, Antes de nada e depois de coisa nenhuma#2, aguarela sobre tela. 

Janeiro de 2017

Imagens do Caderno de Campo de Alvito,  2014, aguarela sobre papel.

Pode ser visto na exposição “Residentes em Trânsito“, comissariada por Mariana Marin Gaspar e Filipa Oliveira, no Fórum Eugénio de Almeida, em Évora (até 23 de Abril de 2017).

 

Outubro de 2016

Teresa Palma e Rodrigo Bettencourt da Câmara participam mais uma vez na Abertura de Ateliers de Artistas, este ano num novo atelier. Contam com a presença de um artista convidado, Carlos Lopez / Juan de Nubes, de Paris.

Maio 2016

Portes Ouvertes des Ateliers d’Artistes de Belleville

Teresa Palma e Josep Maria Congost, artistas convidados a apresentar o seu trabalho no atelier de Carlos Lopez / Juan de Nubes, Belleville, Paris.

Março 2016

Exposição de Livros de artistas – Centro de Artes Visuais, Coimbra.

Teresa Palma, 2014, “Caderno de campo II” (livro de artista), aguarela sobre papel, 29,7 x 21cm.

Fevereiro 2016

Teresa Palma, “Antes de nada e depois de coisa nenhuma #1″ (“Before nothing and after anything #1″), 2015, aguarela sobre tela (watercolour on canvas) ©Teresa Palma, 2015
.
“Antes de nada e depois de coisa nenhuma #1″, pode ser vista até 8 de Maio, na exposição PERIPLOS / ARTE PORTUGUÉS DE HOY,  no CAC de Málaga. A seleção de artistas portugueses foi da responsabilidade de Fernando Francés, diretor do Centro de Arte Contemporânea desta cidade espanhola, no âmbito do Projeto Imago Mundi (Benetton Foundation). Os artistas participantes, foram convidados a  trabalhar livremente  sobre duas telas de pequeno formato,  10 x 12 cm.
Esta iniciativa constitui-se como uma exposição itinerante, cujo catálogo – “Portugal: Open Window to the World – pode ser visto aqui.
.

Dezembro de 2015

© ORLANDO ALMEIDA / GLOBAL IMAGENS

Desenhar o património também é recuperá-lo”, reportagem de Mariana Pereira acerca da exposição “Ao Sabor do Património”.

 

Novembro de 2015

“Ao Sabor do Património”

Exposição com Fernanda Lamelas, na Galeria de Arte Opus 14, até 16 de Janeiro.

 

Setembro de 2015

Projeto “Mar e Montanha – Arte e Gastronomia no Algarve” apresentado no Nº54 da Revista Umbigo.

 

Agosto de 2015

Em Agosto, No Museu Municipal de Faro

A partir de 31 de Julho e até 19 de Setembro de 2015, pode visitar-se a exposição integrada no ciclo de exposições realizadas no âmbito de Mar e Montanha – Arte e Gastronomia no Algarve, no claustro do Museu Municipal de Faro.

Vista da exposição no Museu Municipal de Faro.

A mostra reúne trabalhos de Teresa Palma e Pedro Cabral Santo, que individualmente responderam à proposta de realizar uma obra com base num ingrediente da cozinha algarvia, trabalhando em parceria, ou colaboração, com um chef de cozinha.

Teresa Palma trabalhou com o Chef Pedro Mendes, realizando uma peça acerca da Flor de Amendoeira, em folha de obreia (papel comestível) utilizando pigmentos naturais extraídos de alimentos.

Mais informações aqui.

.

Junho de 2015

Bicho da Seda, no Jardim das Artes

Participação no Evento Jardim das Artes, no Jardim das Amoreiras. Esta iniciativa foi organizada pela Associação Boa Vizinhança Santo António e teve como parceiros: a Junta de Freguesia de Santo António, o Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa, a Fundação Medeiros e Almeida, EPAL – Museu da Água e a Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva.

Teresa Palma apresentou um conjunto de 10 aguarelas originais, sobre papel, intitulada “Bicho da Seda”, com 18 x 12,5 cm, feita propositadamente para o Jardim das Artes, aludindo ao local onde este evento se realizou, o Jardim das Amoreiras, e à antiga Fábrica da Seda.

Teresa Palma, 2015. “Bicho da Seda”, aguarela sobre papel, 18 x 12,5 cm.

 

Fevereiro de 2015

Seguindo a espera de um vazio, na Sala do Veado

Inaugurou dia 5 de Fevereiro “Seguindo a espera de um vazio”, exposição individual de Teresa Palma na Sala do Veado.

A exposição estará patente até 1 de Março de 2015.

Teresa Palma, 2015, aguarela sobre papel, 25,4 x 25,4 cm.

.

Janeiro de 2015 

 

Novembro de 2014.

Novembro de 2014

[Re]começar, 7 artistas em Alvito

Inaugurou dia 1 de Novembro a exposição [Re]começar, 7 artistas em Alvito, resultante das residências artísticas organizadas pela Associação Inter.meada, em Agosto passado. Esta mostra contou com o apoio do Município de Alvito, EGA (Estudos Gerais de Alvito), entre outras entidades, e estará patente até 4 de Janeiro de 2015.

(Fotografia de Mariana Marote)

 O trabalho realizado durante a residência apresenta-se sob a forma de caderno de campo,  um livro de artista no qual estão pintados bolinhos da padaria da vila. Neles se utiliza o saber-fazer da região, bem como os produtos que dela provêm: o azeite, a banha, o mel, o trigo e também frutos, como o limão, o figo, a amêndoa ou a noz, mesclados em pequenas formas com motivos simples. Não resistindo à tentação de os comer, os bolos vão-se partindo, despedaçando, de modo que, na última página, só restam as migalhas.

 

Outubro de 2014

AAA 2014

 

Junho de 2014

No dia 28 de junho, no Seixal,  inaugurou a exposição Beber da Fonte, intervenção no espaço público com imagens fotográficas inseridas em mupis da Marginal –  desde o Jardim da Quinta dos Franceses, até ao Cais de Pedra.

A visita guiada por António Oliveira dos Santos, presidente da União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires, teve início no Largo 1.º de Maio.

A exposição, integrada no programa de comemorações do 40.º aniversário do 25 de Abril de 1974, estará patente até 28 de julho de 2014.

Organização: Câmara Municipal do Seixal e União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires

Teresa Palma, 2012, Beber da Fonte, intervenção em espaço urbano, fotografia, 120 x 176 cm, mupis do Seixal.

 

Fevereiro de 2014

Teresa Palma, participação na ROND’A3, fevereiro de 2014 (© Rough’Nough editions, 2014).

Teresa Palma, fotografia de uma vista sobre a cidade, imagem usada no projeto ROND’A3, 2014.

O projecto ROND’A3 tem por objetivo publicar mensalmente trabalhos de três artistas diferentes (um fotógrafo, um ilustrador e um escritor). Os trabalhos são produzidos pela Rough’Nough editions, utilizando a técnica da risografia, uma impressão ecológica na qual são utilizadas tintas à base de soja e matrizes em papel de banana.

A Rough’Nough é essencialmente uma editora focalizada em livros de artista e pequenas publicações independentes em risografia.

Os mentores deste projeto pretendem criar uma plataforma geradora de “interação dialógica entre artistas e a comunidade (residente ou visitante), assim como uma maneira de possibilitar a publicação de expressões, narrativas e pensamentos experimentais, nos campos da fotografia, ilustração e literatura” (Rough’Nough editions, 2014).

O desafio lançado propunha, ao artista, um ponto de partida para a sua observação – a cidade.

A interação com a comunidade é feita através da apresentação dos trabalhos em individuais de mesa utilizados em diversos bares e tascas situados nas freguesias de Santa Maria Maior e São Vicente, em Lisboa. Esta abordagem permite um diálogo entre o trio de artistas e as suas propostas, potenciando também a reflexão por parte do utilizador (comunidade em geral), com a qual poderá relacionar as diferentes abordagens de cada artista.

 

Novembro de 2013

 

Colectiva de Desenho

 

 

Outubro de 2013

 

AAA 2013

Exposição OBRAS DA COLEÇÃO 

Setembro de 2013

 

OAA’2013 MARSELHA

 

Participação na 15ª edição das OAA 2013, em Marselha, organizadas pela Association Château de Servières em parceria com a Associação Castelo D’If.

Artista lisboeta convidada pelo AtelieRnaTional, Marselha.

 

 

Exposição OLHARES INTEMPORAIS

Exposição de Fotografia e Gravura na Casa de Cultura dos Olivais.

 

Maio de 2013

 

Exposição VOZES DAS ÁGUAS – Maputo

Exposição Vozes das Águas, CICJC – Centro Internacional de Congressos Joaquim Chissano, localizado na Av. Marginal nº4441, entre 27 e 30 de Maio de 2013, integrada no 11º SILUSBA e no VII Congresso sobre Planeamento e Gestão das Zonas Costeiras.

 

Exposição PÁRERGON 

Teresa Palma, 09.10.12, 2012, pintura sobre fotografia (sumi-e sobre impressão fotográfica em papel de algodão), 40 x 60 cm.

 

Fevereiro de 2013

Ciclo da Fotografia Portuguesa no Brasil

Rodrigo Bettencourt da Câmara, Teresa Palma, Francisca Veiga, Mariana Marote, Rodrigo Amado, Mami Pereira, João Serra,  Helena Peralta e Claudia Rita Oliveira, formam o painel de artistas que integrarão a mostra do Ciclo da Fotografia Portuguesa no Brasil, cuja programação oferece um conjunto de conferências e conversas acerca da Fotografia, com a participação, entre outros, de Margarida Medeiros.

bro de 2012.

Outubro de 2012

AAA 2012

Setembro de 2012

 Exposição na Chapelle des Penitents


Abertura de Ateliers de Artistas em Marselha

 

 

 

 

Junho de 2012

 

Conversas ao Pequeno Almoço

A Associação Castelo D’If organiza mais uma vez uma edição das Conversas ao Pequeno Almoço, encontro mensal, aos domingos de manhã num ateliê da capital, privilegiando o contacto direto com o artista e o seu espaço. Desta vez no ateliê de Teresa Palma, Rodrigo Bettencourt da Câmara e José Luís Neto.

 

.

Maio 2012

 

Participação no VIDEOURBANA da VIII BIAU

 

Participação no concurso VIDEOURBANA, organizado pela Bienal Iberoamericana Arquitectura Urbanismo. O desafio é mostrar o bairro onde se mora. Teresa Palma mostra o bairro onde vive e trabalha, destacando a importância e influência do mesmo no seu trabalho como artista.


 LINK Culturefest, Dublin

A Associação Castelo D’If organiza mais um intercâmbio entre as cidades de Marselha, Lisboa e Dublin, em parceria com Chateau de Sèrvieres e Block T.

Teresa Palma participa nas exposições “Linked” e “Keep Us Posted”, Smithfield Square, Block B, com o trabalho “Ireland Master View”, uma série de 24 fotografias.

 .

.

Abril 2012

 

Private Lives no Centro Cultural de Cascais

 

A 6º edição da exposição Private Lives é um evento referencial da agenda cultural de Cascais.  Fruto da parceria entre a Associação SER+ com a Fundação Dom Luís e o Centro Cultural Cascais, Private Lives 2012 vai apresentar ao público obras de 23 artistas que abordam a fotografia como meio.

 

.

.

 Março 2012

 

Terrain Vague de Chelas no SDN

Teresa Palma responde à chamada de trabalhos do SocialDocumentary.net, com o tema The Art of Documentary, tendo como júri Glenn Ruga, Barbara Ayotte e o fotógrafo Reza. Independentemente da sua selecção, este trabalho de Teresa Palma, intitulado Terrain Vague de Chelas, manter-se-á em exposição online durante um ano.

Exposição na Galeria Augusto Cabrita, Seixal

 

 Teresa Palma apresenta a exposição “540: Identidade e Lugar”, no Fórum Cultural do Seixal, Galeria Augusto Cabrita até 5 de Abril. Esta mostra reúne um conjunto de trabalhos que partem da observação de um território e de um elemento gráfico que o ocupa.
Trata-se de uma ficção construída a partir de um número que carrega simbolicamente a ideia de ‘casa’, de comunidade e lugar de criação.


Novembro 2011

 

Teresa Palma expõe no CCVA, Santo Tirso

A exposição “Solução / Dissolução / Resolução”, no Centro Cultural de Vila das Aves, em Santo Tirso, surge integrada numa programação cultural orientada para a valorização de todo um passado ligado à Indústria Têxtil na região do Vale do Ave, factor incontornável na construção da identidade local.

 

Outubro 2011

 

Abertura de Ateliês de Artistas 2011, Lisboa.

 

 

Nesta iniciativa promovida pela Associação Castelo d’If, o ateliê de Teresa Palma, Rodrigo Bettencourt da Câmara e José Luís Neto, está de portas abertas, tendo como convidada, a artista francesa Karine Maussière.

.

.

Setembro de 2011

Ouvertures d’Ateliers d’Artistes 2011, Marselha

 

Participação nas OAA’2011, em Marselha, organizadas pelo Château de Sèrvieres, do qual a Associação Castelo D’If é parceira. Teresa Palma expõe o seu trabalho no  AtelieRnaTional.

Abril 2011

Exposição 09/04/11 – 20/05/11

 

De 9 de Abril a 20 de Maio no Mosteiro da Flor da Rosa, no Crato, estará patente “09/04/11 – 20/05/11”, uma exposição que congrega os trabalhos de Mário Palma, Rodrigo Bettencourt da Câmara e Teresa Palma Rodrigues.

O título desta exposição remete directamente para o espaço de tempo no qual cada  interveniente fará confluir os seus trabalhos numa lógica expositiva de conjunto.

Teresa Palma  volta a utilizar a tela simultaneamente como suporte e como elemento pictórico. “Mesa Póstuma” é uma instalação na qual a tela é usada como objecto sobre uma mesa, abandonando o carácter de mero ecrã de representação, propondo uma reflexão sobre a omnipresença da herança cultural do Ocidente e apropriando-se da própria História da Arte (sugerindo um paralelo entre a Arte e o Divino ou um questionamento acerca da presença e da ausência do mesmo).

 .

.

Novembro 2010

Atelier aberto no evento da Associação Castelo d’If

Atelier

O atelier de Teresa Palma Rodrigues e Rodrigo Bettencourt da Câmara juntou-se à iniciativa* promovida pela Associação Castelo d’If e esteve aberto este fim-de-semana.

As visitas foras muito simpáticas e interessadas.

Agradecimento especial à Fábrica Bruno Janz pelo apoio prestado.

Atelier Atelier

* Abertura de Ateliers de Artistas
Open Studio

UM PASSEIO DE ARTE NA INTIMIDADE DOS SEUS CRIADORES

DIA 19 – 17H ÀS 19H
DIA 20 E 21 – 16H ÀS 20H
DIA 22 – FINISSAGE ÀS 19H
SANTA CATARINA CONDOMÍNIO PRIVADO
CALÇADA DO COMBRO 125-129
(ENTRADA LIVRE)



Cadernos podem ser vistos na Galeria Diferença


livros1 livro2
livros2
Vista da Exposição Livros de Artistas, Galeria Diferença, Lisboa.
View of artists’ books exhibition at Galeria Diferença, Lisbon.
.
.
GALERIA DIFERENÇA

LIVROS DE ARTISTAS

EXPOSIÇãO COLECTIVA

albertina sousa. ana hatherly. ana marchand. ana tostões. ana vidigal. carlos nogueira . catarina castel-branco. conceição abreu. cristina ataíde. ema m. . ernesto de sousa. fernanda pissarro. fernando aguiar. graça delgado.  helena almeida. irene buarque. isabel garcia.  isabel pyrrait. joão luís carrilho da graça. jorge dos reis. jorge de sousa noronha.   jorge vieira. josé paulo ferro. karolinne alves. manoel fernandes. manuel baptista. manuela almeida.  maria josé oliveira. nuno teotónio pereira. patrícia félix.  paulo lourenço. querubim lapa .susana neves.  teresa lacerda. teresa nunes da ponte. teresa palma rodrigues.  tiago farinha. vítor pomar. ENTRE OUTROS


17 DE NOVEMBRO – 5 DE FEVEREIRO

Rua S. Filipe Nery, 42 C/V

1250-227 Lisboa

Tel. 21 383 21 93

diferenca@mail.telepac.pt

Terça a Sábado 15:00-20:00

Encerra às Segundas, Domingos e feriados.

.

.

Setembro 2010

.

Praias de Sines no Museu da Electricidade

POVO

POVOpeople

Quatro pinturas da série “Praias de Sines” estiveram patentes na exposição POVOpeople, no Museu da Electricidade, em Lisboa.

A exposição inseriu-se nas Comemorações do Centenário da República.

Four paintings of the serie “Praias de Sines” were exhibited in POVOpeople, at Electricity Museum,  Lisbon.

povo1POVOpeople